Saúde das crianças

Pai solteiro? dicas para criar um filho sozinha

Criar um filho em seu próprio país pode ser estressante. Se você é um pai solteiro, entender como lidar com a pressão, encontrar apoio e nutrir seu filho.

Se você está criando uma criança em seu próprio país, você está em boa companhia. Famílias monoparentais são mais comuns do que nunca. Saber gerir alguns dos desafios especiais única experiência dos pais e que você pode fazer para educar uma criança feliz e saudável.

Quais são os desafios monoparentais mais comuns?

Criação dos filhos pode ser difícil em qualquer circunstância. Sem um parceiro, os riscos são ainda maiores. Como uma mãe solteira, você pode ter responsabilidade por todos os aspectos do cuidado da criança no dia-a-dia. Isto pode resultar em pressão adicional, estresse e fadiga. Se você estiver muito cansado ou distraído para ser apoio emocional ou consistentemente disciplinar o seu filho, podem surgir problemas comportamentais. Além disso, as famílias monoparentais geralmente têm rendimentos mais baixos e menor acesso a cuidados de saúde. Malabarismo trabalho e cuidado da criança pode ser financeiramente difícil e isolar socialmente. Você também pode se preocupar com a falta de um modelo parental masculino ou feminino para o seu filho.

Como pode um negócio de pai solteiro com esses desafios?

Para reduzir o estresse em sua família monoparental:

  • Mostre seu amor. Lembre-se de elogiar o seu filho. Dê-lhe seu amor e apoio incondicionais.
  • Criar uma rotina de Estrutura -. Tais como refeições regulares e bedtimes - ajuda a criança saber o que esperar.
  • Priorizar tempo para a família. Separe um tempo todos os dias para jogar, ler ou simplesmente sentar-se com seu filho.
  • Encontre cuidados infantis de qualidade. Embora um irmão mais velho às vezes pode cuidar de um irmão mais novo, não dependem de uma criança mais velha como sua única babá. Tenha cuidado de pedir um novo amigo ou parceiro para assistir seu filho. Se você precisar de creche regular, procure um cuidador qualificado que possa proporcionar a estimulação em um ambiente seguro.
  • Estabeleça limites razoáveis ​​Explique as regras da casa e as expectativas para o seu filho -. Tais como falar com respeito e pegar depois a si mesmo - e ter cuidado para aplicá-las. Trabalhar com os outros cuidadores na vida de seu filho para garantir que você está fornecendo a disciplina consistente. Considere reavaliar certos limites, como a hora do computador do seu filho ou toque de recolher, quando ele ou ela demonstra a capacidade de aceitar mais responsabilidade.
  • Não se sinta culpado. Não se culpe ou estragar o seu filho a tentar fazer-se por ser uma mãe solteira.
  • Cuide de si mesmo. Incluir a atividade física em sua rotina diária, comer uma dieta saudável e começar a abundância do sono. Arrume tempo para fazer atividades que você gosta, sozinho ou com amigos próximos.
  • Depender dos outros. Só porque você é um pai solteiro não significa que você tem que fazer tudo sozinho. Elaborar um cronograma de carona com outros pais. Participe de um grupo de apoio para pais solteiros ou procurar os serviços sociais. Chamada em entes queridos, amigos e vizinhos para ajudar confiáveis. As comunidades de fé podem ser recursos úteis, também.
  • Permanecer positivo. Seu humor e atitude pode afetar seu filho. É OK para ser honesto com seu filho, se você está tendo um momento difícil, mas lembrar-lhe que as coisas vão melhorar. Tente manter seu senso de humor ao lidar com os desafios do cotidiano.

Veja também

Pai solteiro? dicas para criar um filho sozinha

Como deve um pai solteiro falar com a criança sobre a separação ou divórcio?

Muitas famílias monoparentais são o resultado de divórcio ou separação. Se este é o caso em sua família, converse com seu filho sobre as mudanças que você está enfrentando. Ouça sentimentos de seu filho e tentar responder suas perguntas de forma honesta - evitando detalhes desnecessários ou negatividade sobre o outro progenitor. Lembre seu filho que ele ou ela não fez nada para provocar o divórcio ou a separação e que você sempre vai amá-lo ou ela. Um conselheiro pode ser capaz de ajudar você e sua criança falar sobre problemas, medos ou preocupações. Tente comunicar-se regularmente com outro pai de seu filho sobre os cuidados do seu filho e bem-estar para ajudá-la a se adaptar.

Como pode uma única alça pai namorando?

Se você está namorando, considere o fato de que o seu novo parceiro romântico terá um impacto sobre seu filho. Procure um parceiro que irá tratar você e seu filho com respeito. Considerar esperar até que você tenha estabelecido um relacionamento sólido com alguém antes de apresentá-lo a seu filho. Quando você estiver pronto para fazer a introdução, explicar ao seu filho algumas das qualidades positivas do seu novo parceiro. Não espere que seu novo parceiro e seu filho a tornar-se próximo de imediato, no entanto. Dê-lhes tempo para conhecer uns aos outros e desenvolver um relacionamento.

Como pode uma mãe solteira suprir a falta de um modelo parental masculino ou feminino para uma criança?

Saúde das crianças. Priorizar tempo para a família.
Saúde das crianças. Priorizar tempo para a família.

Se outro pai de seu filho não está envolvido em sua vida, que você pode se preocupar com a falta de um modelo parental masculina ou feminina na vida do seu filho. Para enviar mensagens positivas sobre o sexo oposto:

  • Procure oportunidades para ser positivo sobre o sexo oposto. Ressalte realizações ou características positivas de membros do sexo oposto em sua família, a comunidade ou até mesmo a mídia. Evite fazer afirmações negativas, amplas sobre o sexo oposto.
  • Contradizer estereótipos negativos sobre o sexo oposto. Compartilhar um exemplo de um membro do sexo oposto que não se encaixa no estereótipo.
  • Inclua na sua vida membros do sexo oposto que não são parceiros românticos. Procure relações positivas com os membros responsáveis ​​do sexo oposto que podem servir como modelos para o seu filho. Mostre ao seu filho que é possível ter um relacionamento de longo prazo, positivos com os membros do sexo oposto.

Ser uma mãe solteira pode ser uma experiência desafiadora, mas gratificante. Ao mostrar o seu amor e respeito, falando honestamente e ficar positivo, você pode diminuir o estresse de pais solteiros e ajudar o seu filho crescer.

Veja também